Ourinhos,
Anuncie Aqui | Fale Conosco | Notícias no What’s (14) 99637-3212

Postado em 24/03/2020 às 13:21

Doria anuncia produção de máscaras por presidiários

Governador apresentou resultado do exame que fez para o novo coronavírus durante entrevista coletiva.

 

 

O governador de São Paulo, João Doria, anunciou nesta terça-feira que presidiários vão produzir máscaras de proteção contra o novo coronavírus. O procedimento começará amanhã. Serão produzidas cerca de 26 mil peças por dia.

- Essas máscaras terão um custo para o governo de R$ 0,80 por peça - explicou Doria.

Cerca de 200 presos vão confeccionar as peças, segundo a Secretaria de Administração Penitenciária. A previsão é fabricar 320 mil máscaras em cerca de duas semanas. O governador também alterou regras para o registro de ocorrências como roubos e estelionato. Ele poderá ser feito online nas delegiacias eletrônicas.

Segundo a Secretaria de Estado da Saúde, o estado tem 745 casos confirmados, sendo 30 óbitos. Em UTI estão 70 pacientes.

O governador voltou a descartar a adoção, por enquanto, de uma decretação geral de fechamento do comércio e das indústrias. Doria fez um apelo público à concessionária de energia do estado, Enel, a não fazer cortes de fornecimento diante da pandemia.

O resultado do exame de Doria deu negativo nesta terça-feira para a Covid-19. Ele fez o exame depois que o coordenador do Centro de Contigência para o Coronavírus no estado, David Uip, recebeu o diagnóstico da doença na segunda-feira. Nesta manhã, o governador apresentou aos jornalistas, durante uma entrevista coletiva, cópia do resultado do teste.

A médica Helena Sato assumiu o lugar de Uip na coordenação do centro. O secretário estadual de Saúde, José Henrique Germann, também testou negativo para o coronavírus.

Nesta terça-feira, o governo adotou medidas para evitar aglomerações no transporte sobre trilhos na região metropolitana de São Paulo. A operação de trens e do metrô poderá ser reduzida em até 35% para ajudar nas medidas de isolamento social.

Doria e os demais governadores do Sudeste têm na quarta-feira uma videoconferência com o presidente Jair Bolsonaro para discutir ações para o controle do coronavírus.

- Este é o melhor caminho para o Brasil. Estarmos unidos e dialogando para construir soluções positivas para salvar pessoas e nossa economia - disse o governador.

Doria disse que vai aguardar a reunião para decidir medidas na área econômica para o estado, como eventual redução de tributos e ampliação de programas sociais.

Doria fez agradecimentos públicos a empresários que anunciaram não fazer demissões diante da crise.

Informações O Globo

 

Veja Também

SAE informa que só está fazendo leitura em hidrômetros externos e usará média dos últimos meses
Cidade da região confirma em um dia 8 casos positivos de coronavírus e total sobe para 16
Caixa lança site para solicitar auxílio emergencial de R$ 600
Sindicatos poderão validar suspensão de contrato e redução de salário, decide ministro do STF
© 2019 - Todos os direitos reservados. Desenvolvido por StrikeOn