Ourinhos,
Anuncie Aqui | Fale Conosco | Notícias no What’s (14) 99637-3212

Postado em 21/05/2020 às 13:36

Lideranças nacionais do poder Executivo e Legislativo se reúnem e definem ajuda financeira a estados

Presidente disse que deve sancionar nesta quinta ajuda financeira a estados. Reunião sobre coronavírus foi marcada pelo discurso de união e trégua nos ataques entre poderes.

    0526688001590079234.jpg

 

O presidente Jair Bolsonaro participou de uma videoconferência nesta quinta-feira (21) com governadores para tratar do enfrentamento da crise do coronavírus. Na abertura do encontro, ele afirmou que deve sancionar nesta quinta o projeto de auxílio financeiro a estados e municípios.

Ao lado do presidente, no Palácio do Planalto, estavam os presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP). Os dois reforçaram a importância da ajuda aos estados e pediram união entre o governo federal e os estaduais no combate ao coronavírus.

A reunião ocorreu em clima de harmonia entre os participantes, depois de atritos nos últimos dias. Nesta quinta, Bolsonaro pediu consenso em torno da manutenção dos vetos que ele fizer ao projeto de auxílio financeiro aos estados. Um dos trechos que o presidente já disse que vai vetar permitia reajuste a servidores no período da pandemia. O congelamento era uma contrapartida pedida pelo governo, mas o texto foi modificado no Congresso.

Bolsonaro disse ainda que o governo defende congelamento de salários de servidores até o ano que vem.

Bolsonaro e Dória

A reunião ocorreu em clima de cordialidade e no pronunciamento de todas as autoridades houve pedido de união e defesa do trabalho conjunto entre os poderes para enfrentamento da crise gerada pela pandemia do novo coronavírus.

Essa cordialidade foi vista inclusive entre o presidente Jair Bolsonaro e o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), que vêm trocando ataques nos últimos meses e, numa reunião em março, chegaram a ter uma discussão acalorada por vídeo conferência.

“Quero exaltar e cumprimentar a forma com que essa reunião está sendo conduzida. O Brasil precisa estar unido para vencer a crise, ajudar e proteger a saúde dos brasileiros. O nosso foco neste momento é exatamente esse, proteger os brasileiros em todo o Brasil”, disse Doria na reunião desta quinta.

“Fico feliz, presidente Jair Bolsonaro, por perceber, em todas as intervenções feitas aqui, a começar da sua, depois Rodrigo Maia, Davi Alcolumbre e os dois governadores, Azambuja e Renato Casagrande, exatamente dentro dessa linha. Vamos em paz, presidente, vamos pelo Brasil e vamos juntos. É o melhor caminho e é a melhor forma de vencer a pandemia”, completou o governador de São Paulo.

 

Bolsonaro retribuiu a cordialidade.

“Senhor governador João Dória, obrigado pelas palavras, e parabéns pela posição de vossa excelência”, disse o presidente.

“O governo federal, ao lado aqui dos presidentes da Câmara e do Senado, se deus quiser sancionará hoje mesmo esse projeto, com vetos, os quais, segundo nosso entendimento e com toda a certeza da maioria senão totalidade dos senhores governadores, deve ser mantido. Isso é bom para todos nós”, finalizou Bolsonaro.

 

Confira o vídeo abaixo com a reunião completa:

 

Veja Também

Marília reabre comércio com grande movimentação no centro da cidade
Como justificativa para contingenciamento, Prefeitura aponta queda de 1/3 de ISS e 40% ICMS
Adutora rompida causa desabastecimento na Cohab e Jardim Santa Felicidade I e II em Ourinhos
Acusado de violência contra menor, pizzaiolo é capturado e preso no Jardim Itamaraty em Ourinhos
© 2019 - Todos os direitos reservados. Desenvolvido por StrikeOn