Ourinhos,
Anuncie Aqui | Fale Conosco | Notícias no What’s (14) 99637-3212

Postado em 09/07/2020 às 18:11

CBF anuncia novo calendário do futebol brasileiro

Paulistão tem data de inscrição ampliada e rebaixamento mantido. Início das Copas Libertadores e Sul-Americana segue indefinido.

    0609188001594329833.jpg

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) divulgou nesta quinta (9) a atualização do calendário das competições administradas pela entidade, que foram suspensas ou adiadas por causa da pandemia do novo coronavírus (covid-19). Mas, mesmo com as mudanças de datas, os regulamentos foram mantidos. Agora, todas as disputas em nível nacional começarão nos meses de agosto e setembro, e encerrarão somente no ano que vem.

Desta forma, a série A começa em 9 de agosto de 2020, terminando em 24 de fevereiro de 2021. Já a série B inicia em 8 de agosto de 2020 e encerra em 30 de janeiro de 2021. A série C dá o ponta pé inicial em 9 de agosto, com final em 31 de janeiro. Esta temporada marca a estreia do novo sistema de disputa da competição, aprovado por todos os 20 clubes participantes no Conselho Técnico de março deste ano. Por fim, a série D começa em 6 de setembro de 2020 e termina em 7 de fevereiro de 2021.

A Copa do Brasil, que já começou, e foi interrompida na terceira fase, reinicia em 26 de agosto e encerra em 10 de fevereiro.

O presidente da CBF, Rogério Caboclo, diz que as alterações foram necessárias para concluir as competições impactadas pela pandemia: “Este redesenho é a forma que encontramos para entregar o calendário integralmente e garantir o cumprimento dos compromissos assumidos pelos clubes com os detentores de direitos televisivos, patrocinadores e apoiadores”.

Com o calendário apertado por causa do longo período de inatividade das competições gerenciadas pela CBF (entre março e agosto), este ano haverá jogos em datas atípicas no futebol brasileiro. As semifinais da Copa do Brasil serão disputadas em 23 de dezembro e 30 de dezembro. No ano que vem, também haverá novidades, na primeira quinzena de janeiro serão realizadas partidas pelas quatro séries do Campeonato Brasileiro. Este intervalo, geralmente, integram o período de férias e pré-temporada dos jogadores que atuam no Brasil. Porém, o direito constitucional dos atletas foram antecipados para abril, o que permitiu esta alteração no cronograma.

 

Copa do Nordeste

A competição regional, que foi interrompida em março durante a oitava e última rodada da fase de grupos, retornará em 21 de julho. As finais serão disputadas nos dias 1° e 4 de agosto. Já as quartas e semifinais serão definidas em jogos únicos. Os jogos restantes da competição serão disputados em sede única, no estado da Bahia.

 

Competições internacionais

A Copa Libertadores e a Copa Sul-Americana ainda não têm datas de retorno. A decisão pela retomada das duas competições é de responsabilidade da Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol), que ainda não divulgou a atualização do cronograma dos jogos. A entidade internacional completa 104 anos de existência, e a CBF aproveitou para parabenizar a confederação continental.

 

Paulistão tem data de inscrição ampliada e rebaixamento mantido

O conselho técnico que reuniu Federação Paulista de Futebol (FPF) e dirigentes dos 16 clubes da primeira divisão (Série A1) do Campeonato Paulista decidiu nesta quinta (9) pela manutenção do regulamento específico prévio da competição, paralisada desde 16 de março por causa da pandemia do novo coronavírus (covid-19). Segundo a nota divulgada pela FPF, “se fez necessária apenas uma adequação nas datas das partidas, de registro e de inscrição de atletas”.

Após liberação do Governo do estado de São Paulo, o torneio será reiniciado em 22 de julho com portões fechados. A nova data limite para registro de atletas é 20 de julho, com a inscrição de novos jogadores até 21 de julho. Com a manutenção do regulamento específico, está confirmado que haverá rebaixamento no Estadual. Se o torneio acabasse hoje, cairiam para a Série A2 (segunda divisão) Ponte Preta e Botafogo de Ribeirão Preto.

O Botafogo, conforme a FPF, foi justamente o único a pedir adiamento do reinício do Estadual e a se manifestar contra a adequação nas datas de registro e inscrição, o que, segundo a nota, o presidente do Conselho de Administração botafoguense, Adalberto Batista, qualificou como “mudança de regulamento”. Até a publicação deste texto, o clube não se pronunciou.

Para autorizar o reinício da primeira divisão, o governo paulista determinou que os jogos fossem disputados somente em municípios situados na terceira das cinco fases de flexibilização da quarentena no estado (a amarela). Até o momento, apenas a cidade de São Paulo e parte da região metropolitana da capital estão neste estágio. As etapas são revistas pelo governo a cada 15 dias, conforme evolução nas ações de contenção da pandemia.

No comunicado, a federação afirmou que “com a constante atualização das cores das regiões, os locais e horários das partidas serão definidos nos próximos dias e comunicados oficialmente”. A entidade também informou que custeará transporte e hospedagem de times que não puderem atuar em suas cidades, se os clubes assim solicitarem. Atualmente, das 17 regiões do estado, 10 estão na fase vermelha (a de maior restrição) e cinco (além de outra parte da região metropolitana da capital) na laranja (segunda etapa de maior restrição).

O Paulistão retornará para conclusão das duas últimas rodadas da primeira fase e a disputa do mata-mata. Ao todo, são seis datas e 24 jogos até o término do torneio, previsto para 8 de agosto. No mesmo fim de semana, segundo calendário da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), começam as Séries A, B e C nacionais, que reúnem 10 equipes da Série A1.

Fonte: Agência Brasil 

 

 

Veja Também

Moradora pede socorro nas redes sociais e chora de dor em Ourinhos
Secretário de Transportes de SP é preso pela PF e diz que fato foi exagerado
Polícia Rodoviária apreende droga escondida em motor na SP-270
Motociclista morre em acidente em Ourinhos
© 2019 - Todos os direitos reservados. Desenvolvido por StrikeOn