Ourinhos,
Anuncie Aqui | Fale Conosco | Notícias no What’s (14) 99637-3212

Postado em 10/07/2020 às 17:34

Prefeito Lucas Pocay comemora volta para o Laranja e mantém Ourinhos praticamente no Amarelo

    0211756001594413626.jpg

O prefeito de Ourinhos, Lucas Pocay (PSD), usou sua página no Facebook para comemorar o retorno do Departamento Regional de Saúde (DRS) de Marília (SP) para a fase 2 (laranja) do plano de retomada das atividades econômicas no estado de São Paulo nesta sexta-feira (10).

O anúncio foi feito durante a coletiva de imprensa da equipe do Centro de Contingência do estado. Com isso, as cidades da região podem reabrir alguns setores do comércio que deveriam estar fechados na fase 1 (vermelha).

Saiba também: Itaú confirma que fechou agência em Ourinhos devido à suspeita de Covid-19

De acordo com o prefeito, que mantém a cidade praticamente na fase 3 “amarela”, desde o dia 1º de junho, “ações inovadoras da Prefeitura de Ourinhos ajudam a elevar região para fase laranja do Plano SP. Confira o que disse Lucas:

OURINHOS CONTRA O CORONAVÍRUS

Ações inovadoras da Prefeitura de Ourinhos ajudam a elevar região para fase laranja do Plano SP

As dezenas de ações inovadoras no combate ao coronavírus em Ourinhos ajudaram a elevar a região de Marília para a fase laranja do Plano SP, que permite a abertura parcial do comércio.

Entre elas está o endurecimento da fiscalização da lei que obriga o uso de máscara com aplicação de multa. Diversas equipes fazem diariamente a fiscalização de estabelecimentos comerciais e locais públicos.

Até agora, mais de 100 pessoas e comerciantes já foram notificados a usar máscaras ou adequar o estabelecimento comercial às normas de higiene. Nenhuma multa foi aplicada. Ao todo, os fiscais já visitaram pelo menos 30 bairros, além do centro da cidade.

Desde o início da pandemia, Ourinhos tem se destacado pelas ações de combate ao novo vírus, com a estruturação do sistema público de saúde, contratação de mais de 100 profissionais de saúde, além de manter a cidade economicamente ativa, preservando empregos.

 

Desobediência ao estado 

Ourinhos desde o 19 de junho, quando a região foi rebaixada de fase (da laranja para vermelha) não está seguindo a recomendação do Governo do Estado e se mantém por conta própria na fase amarela, com o funcionamento dos comércios em geral, imobiliárias, concessionárias e lojas de veículos, escritórios em geral, shopping centers, restaurantes, bares, lanchonetes e similares, como já estava acontecendo desde o dia 1º de junho.

 

Plano São Paulo

Plano SP de retomada da economia - fase 6 — Foto: Divulgação/Governo de SP

Para começar a reabertura do estado em 1º de junho o governo dividiu o território de acordo com os 17 Departamentos Regionais de Saúde (DRS).

A flexibilização da quarentena é feita de modo diferente em cada uma dessas regiões.

  • Os cinco critérios que baseiam a classificação das regiões são:
  • ocupação de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTIs);
  • total de leitos por 100 mil habitantes;
  • variação de novas internações, em comparação com a semana anterior;
  • variação de novos casos confirmados, em comparação com a semana anterior;

variação de novos óbitos confirmados, em comparação com a semana anterior.

O critério que tem maior peso na classificação de cada região é a variação de novas internações (peso 4), seguido pela taxa de ocupação de UTIs (peso 3).

 

Confira abaixo o que é permitido em cada fase

  • Fase 1, vermelha: alerta máximo, funcionamento permitido somente aos serviços essenciais
  • Fase 2, laranja: controle, possibilidade de aberturas com restrições
  • Fase 3, amarela: abertura de um número maior de setores
  • Fase 4, verde: abertura de um número maior de setores em relação à fase 3
  • Fase 5, azul: "Normal controlado" - todos os setores em funcionamento, mas mantendo medidas de distanciamento e higiene.

A definição estabelece que setores da economia que desejam a reabertura devem apresentar planos com protocolos para a prefeitura. Caberá à gestão municipal definir quem e quando poderá reabrir.

A regiões serão avaliadas periodicamente de acordo com os indicadores de saúde, verificando se cumprem os critérios para avançarem a uma fase de maior relaxamento a cada 14 dias ou voltar para uma fase mais restrita a cada sete dias (ou imediatamente, caso haja evidência da piora da situação).

Plano do governo de São Paulo para flexibilização da quarentena no estado — Foto: Governo de São Paulo/Divulgação

De acordo com o plano do governo, as prefeituras terão autonomia para flexibilizar setores estabelecidos. Com isso, municípios que estiverem nas fases 2, 3 e 4 poderão flexibilizar determinados setores anunciados anteriormente.

A flexibilização deverá ser feita por decreto pelos prefeitos das cidades observando também os planos regionais.

 

 

Veja Também

Moradora pede socorro nas redes sociais e chora de dor em Ourinhos
Secretário de Transportes de SP é preso pela PF e diz que fato foi exagerado
Polícia Rodoviária apreende droga escondida em motor na SP-270
Motociclista morre em acidente em Ourinhos
© 2019 - Todos os direitos reservados. Desenvolvido por StrikeOn