Ourinhos,
Anuncie Aqui | Fale Conosco | Notícias no What’s (14) 99637-3212

Postado em 30/07/2020 às 10:11

Integrante de quadrilha que atacou agências bancárias em Botucatu morre baleado

Dezenas de criminosos participaram dos ataques. Moradores foram feitos reféns; dois policiais e um suspeito ficaram feridos no tiroteio.

    0352199001596115182.jpeg

Um dos integrantes da quadrilha fortemente armada que atacou agências bancárias na noite desta quarta-feira (29), em Botucatu (SP), a 182 quilômetros de Ourinhos, morreu após ser baleado em uma troca de tiros com policiais militares na manhã desta quinta. (Veja o vídeo abaixo)

O tiroteio aconteceu horas depois da ação criminosa que começou no fim da noite de ontem e entrou pela madrugada. Já de dia, os policiais se depararam com uma parte da quadrilha que tentava fugir pela rodovia Marechal Rondon. O homem, de 40 anos, foi baleado e socorrido, mas chegou sem vida ao hospital.

Foto: Divulgação

Foto: Arquivo Pessoal

Resumo do ocorrido:

  • ataque foi em agências no centro de Botucatu - o número ainda não foi confirmado porque a polícia aguarda a perícia
  • uma das agências foi destruída com explosivos; nas outras as dinamites não foram detonadas
  • ação criminosa durou cerca de 3 horas madrugada adentro, com intensa troca de tiros
  • quadrilha era formada por cerca de 40 criminosos
  • por volta das 8h houve uma nova troca de tiros nos arredores da cidade
  • dois PMs ficaram feridos no tiroteio de madrugada
  • um suspeito foi baleado pela manhã enquanto tentava fugir e morreu
  • equipes da Força Tática, GOE e Rota fazem patrulhamento na região para prender os criminosos

(Veja o vídeo abaixo)

Veja Também

Acusado de feminicídio em Ourinhos, contou para amigo que enforcou a amásia até a morte
Vereadores aprovam projeto que autoriza patrocínio de empresas privadas à Prefeitura de Ourinhos
Adolescente é flagrado furtando casa no Jardim Tropical em Ourinhos
Rivais divergem sobre testes da covid-19 antes de final do Paulistão
© 2019 - Todos os direitos reservados. Desenvolvido por StrikeOn