Ourinhos,
Anuncie Aqui | Fale Conosco | Notícias no What’s (14) 99637-3212

Postado em 18/11/2020 às 15:54

Adolescente é apreendido suspeito de matar namorada com tiro na cabeça durante suposta brincadeira na região

    0115320001605725735.jpeg

Um adolescente de 16 anos foi apreendido nesta terça-feira (17) suspeito de matar a namorada de 15 anos com um tiro na cabeça em Bauru (SP) (133 km de Ourinhos), na noite de domingo (15). O menor alegou à polícia que disparou contra a vítima durante uma “brincadeira”.

Hoje pela manhã a Polícia Civil em Bauru divulgou a seguinte nota: “Nesta terça, 17.11,   uma adolescente de 15 anos morreu em decorrência de um disparo de arma de fogo, ocorrido no domingo, dia 15.11 e a Polícia Civil de Bauru apreendeu o adolescente acusado do crime.

O autor teria sido o namorado dela, um adolescente de 16 anos e segundo ele o disparo foi acidental.

A arma do crime não foi encontrada e as diligências prosseguem para localizá-la.

O adolescente foi encaminhado para custódia, onde permanece à disposição da Vara da Infância e Juventude e do Ministério Público”.

Foto: Divulgação/ Polícia Civil 

Segundo o delegado responsável pelas investigações, Eduardo Herrera, o adolescente contou aos policiais que ele e a namorada estavam na casa dele, no bairro Fortunato Rocha Lima, quando pegou a arma e apontou para a vítima o que, segundo ele, teria sido uma "brincadeira".

No entanto, segundo o delegado, a arma disparou e a jovem foi atingida na cabeça. O adolescente relatou à polícia que não esperava que a arma fosse disparar porque ela teria somente uma munição.

Ainda de acordo com a Polícia Civil, familiares que estavam próximos ao local ouviram o disparo e socorreram a adolescente até o Hospital de Base, onde ela ficou internada, mas não resistiu ao ferimento e morreu nesta terça-feira (17), dois dias depois.

Durante a tarde, a polícia cumpriu mandado de apreensão do suspeito, que vai responder pelo ato infracional de homicídio qualificado. O menor vai ficar detido em uma das unidades da Fundação Casa, à disposição da Vara da Infância e Juventude.

A arma do crime foi localizada nesta quarta-feira (18) pela Polícia Civil. Segundo o delegado, ao ser apreendido o jovem disse que jogou o revólver no chão após o crime e, como muitas pessoas passaram pelo local no dia, alguém pode ter levado.

O adolescente ainda disse à polícia que adquiriu a arma anteriormente porque se envolveu em uma briga e estava se sentindo ameaçado.

Agora, a Polícia Civil trabalha ouvir testemunhas sobre o crime. “Por enquanto não temos elementos de que foi diferente do que ele falou, se teria alguma situação anterior, outra motivação, violência doméstica, alguma briga entre eles”, completa o delegado.

Com informações do site G1

Veja Também

Vereadores de Marília arquivam processo contra a vereadora que foi acusada de dar "carteirada"
São Paulo começa produzir esta semana a CoronaVac e vacinação está prevista para o 1º bimestre de 2021
TJ-SP aprova auxílio-saúde para todos os magistrados paulistas; benefício será extensivo aos inativos
Acordo estabelece ações de defesa para o consumidor com deficiência
© 2019 - Todos os direitos reservados. Desenvolvido por StrikeOn