Pai suspeito de matar a filha de 6 anos é encontrado morto no ES

Compartilhe:
Na sexta-feira (21), Oseas Marciel Soares, de 48 anos, suspeito de espancar até a morte sua filha Paloma Fernandes, de 6 anos, foi encontrado morto em uma área de mata no bairro Novo Brasil, em Cariacica, Grande Vitória. A confirmação veio pelo Superintendente de Polícia Especializada, delegado Romualdo Gianordoli. Oseas estava foragido desde terça-feira (18), após o crime, e tinha um mandado de prisão em aberto desde quarta-feira (19).

O corpo foi encaminhado para o Departamento Médico Legal (DML) de Vitória, onde exames determinarão a causa da morte. Após a conclusão dos exames, as investigações serão encaminhadas ao Ministério Público (MPES).

Paloma foi assassinada dentro de casa na noite de terça-feira (18). A perícia da Polícia Civil identificou um corte profundo na cabeça como causa da morte. A mãe, Sônia Fernandes, de 46 anos, foi encontrada gravemente ferida ao lado do corpo da filha, com afundamento na cabeça e hematomas no tórax. Sônia foi socorrida e está em estado grave no Hospital Estadual de Urgência e Emergência, em Vitória.

Desde o início, Oseas foi o principal suspeito. Na quinta-feira (20), o juiz Alexandre Pacheco Carreira decretou sua prisão temporária, justificando a medida pela gravidade do caso e a repulsa social gerada pelo crime.

Em meio à tragédia, alunos da EMEF Euvira Benedita Cardoso da Silva, onde Paloma estudava, escreveram cartas de despedida que foram colocadas em uma "caixa de memórias" enviada à família da menina. Mensagens de apoio à recuperação de Sônia também foram incluídas na caixa.

A polícia segue investigando o caso, enquanto a comunidade de Cariacica tenta lidar com a dor e o choque da violência ocorrida.