Ourinhos,
Anuncie Aqui | Fale Conosco | Notícias no What’s (14) 99637-3212

Postado em 06/10/2022 às 22:52

João Neto: ‘Ainda bem que você veio’; 5 anos

    0188972001665107790.jpg

A história real que me fez conhecido em todo o Brasil. Escrevi este conto em 14 de outubro de 2017, E lá se vão cinco anos.

"AINDA BEM QUE VOCÊ VEIO!"

- Vc vai cortar a luz, moço? Perguntou a mulher sentada num banco de madeira, acompanhada por 3 crianças descalças.

- Sim, respondi.

- Tudo bem, estou com duas atrasadas, mas só recebo dia 9.

- Mas hoje é dia 9, ponderei.

- Sério? 

- Sério, e se a senhora pagar hoje é só pedir a religação que antes das 6 eu volto!

- Combinado, disse ela!

Pra mim o "corte" é uma atividade desagradável, em qualquer circunstância, apesar de obrigatório, e se a família for pobrezinha é mais doído ainda: a tal atividade "culposa" (sem intenção de cortar!).

Antes de sair, enquanto encerro o serviço no tablet, as 3 crianças se aproximam e pedem:

- Moço, vc tem 1 real?

Sem moedas no bolso, abri a carteira e encontro uma solteira nota de 5 reais... Entrego pro menino e ordeno:

- É pra vc repartir com suas irmãzinhas.

Ele balançou a cabeça positivamente, e falou:  "tábão"!

Fui embora pensando nas crianças pidonchando, mas, vida que segue!

Bem de tardezinha caiu a religação da casinha de madeira torta... Segui pra lá... Eu tinha o dever de devolver luz para aquela criançadinha, era, pra mim, o momento da redenção.

Ao ouvir o barulho da camionete, todos saíram eufóricos. O menino (Eugênio) vem até mim e diz todo alegrinho:

- Ainda bem que vc veio!

Pensei que tivesse feliz pela luz... Só que não... Ele abre sua mãozinha suja e suada e exclama:

- Toma seu troco!

Naquele instante, ao me devolver 2 reais "Geninho" estava me mostrando o maior exemplo de honestidade e responsabilidade que eu já tinha visto na vida.

- Não, não quero troco... Era tudo de vcs!

- Mas não era 1 real pra cada um? Perguntou!

- Pode ficar pra vcs!

Pois é, minha gente... No momento em que nosso país vive uma monstruosa crise moral, onde as instituições governamentais estão todas contaminadas pela ladroagem, rapinagem, farolagem e corrupção, me aparece um menino todo sujo e me faz crer que nosso país ainda tem jeito!

Às vezes a gente chora de alegria!

Hoje, definitivamente, vou dormir feliz!

Bom final de semana, Eugênio!"

Confira mais detalhes desta história: Passando a Régua Cast estreia com entrevista de escritor João Neto, que ficou conhecido nacionalmente com o conto: Ainda Bem Que Você Veio

Veja o vídeo mais abaixo.

Saiba também: Nada mudou

Este texto é do escritor João Neto, um escritor do cotidiano, foi rotulado, pelo crítico Lau Pacheco, como "piloto da caravela da saudade", em virtude do resgate de momentos vividos na infância e adolescência em Ourinhos. 

Após ter seu conto "Ainda Bem Que Você Veio" viralizado nas redes sociais, ficou conhecido em todo o Brasil. Publicou seu primeiro livro de contos e crônicas em 2019.

João Candido da Silva Neto nasceu em Santa Cruz do Rio Pardo (SP) e veio para Ourinhos com 7 anos em 1967. Ele atuou na COPEL (Cia Paranaense de Energia) onde aposentou-se em 2019. Em 2012 se tornou escritor, tendo seus contos e crônicas publicados semanalmente na Folha de Londrina.

Veja Também

Policial Civil aposentado dispara contra enfermeira em Hospital de São Paulo
Acidente entre caminhão-tanque e carro mata uma pessoa na região
Em Ourinhos registramos neste domingo, dia 25, o sepultamento de João Batista de Oliveira
Tetracampeão mundial de boxe, Popó destrói o ex-BBB Kleber Bambam, em combate histórico
© 2019 - Todos os direitos reservados. Desenvolvido por StrikeOn