Ourinhos,
Anuncie Aqui | Fale Conosco | Notícias no What’s (14) 99637-3212

Postado em 03/06/2020 às 12:49

Ricardo Simões será o primeiro ouvido por CPI que apura suposta extorsão em Ourinhos

Vereadores realizaram primeira reunião nesta terça-feira, 2, e definiram as primeiras ações da CPI para apurar denúncia do empresário Ricardo Xavier Simões e possíveis atos ilícitos praticados por agentes públicos em Ourinhos.

    0222168001591199905.jpg

Matéria foi atualizada (não está definido o dia e a hora que o empresário será ouvido)

O empresário Ricardo Xavier Simões, dono da empresa Delfim Verde (incorporadora e imobiliária) será o primeiro ouvido em oitiva da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Câmara Municipal de Ourinhos, instaurada para apurar suposto pedido de propina e extorsão, praticados por agentes públicos em Ourinhos.

De acordo com o presidente da CPI, o vereador Cícero de Aquino “Cícero Investigador” (Republicanos), a oitiva acontecerá nas dependências da Câmara e seria na próxima sexta-feira, 5, às 10h30. Porém a data foi cancelada, "por questões da redução de horário de expediente durante a pandemia e deverá acontecer somente no inicio da próxima semana", sem ainda uma definição e será fechada ao público em geral, disse o vereadro Cícero Investigador. Que destacou que Ricardo Simões será o primieiro a falar, pois ele e´denunciante e só depois outros envolvidos apontados serão convocados. 

A assessoria da Câmara Municipal de Ourinhos soltou uma nota sobre a primeira reunião realizada pela CPI, nesta terça-feira, 2. Confira:

“Na tarde de ontem (02), os vereadores Cícero de Aquino “Cícero Investigador”, Edvaldo Lucio Abel “Vadinho”, Anísio Felicetti, Flávio Luis Ambrozim “Flavinho do Açougue”, Santiago de Lucas Ãngelo e Alexandre Araujo Dauage “Alexandre Zóio” realizaram a primeira reunião da CPI instaurada para apurar denúncia do empresário Ricardo Simões sobre depoimento realizado em caso de dação em pagamento em dívida da empresa Delfim Verde com a Prefeitura e também investigar atos ilícitos, em tese, praticados por agentes públicos no exercício de suas funções, ante matéria publicada no Jornal Debate e procedimento em trâmite perante a Polícia Federal.

Foram discutidos os procedimentos necessários a serem adotados para a apuração dos fatos e estabelecido um cronograma de ações. A CPI tem 90 dias para concluir os trabalhos.

“Fizemos um cronograma de atividades para que possamos trabalhar de forma organizada e sempre com muita seriedade e ética. Vamos iniciar as oitivas e levantar o máximo de informações sobre o caso”, contou o vereador Cícero Investigador, que é o presidente da CPI”.

Foto: Divulgação

Reveja todas as matérias sobre o assunto (Clique nos títulos abaixo)

 

Prefeito de Ourinhos Lucas e aliados são denunciados na PF por suposto pedido de propina

CPI do “suposto pedido de propina à Delfim Verde” é instaurada na Câmara Municipal de Ourinhos

Site do grupo Globo repercute denúncia de suposta extorsão envolvendo o prefeito de Ourinhos

 

O Passando a Régua entrevistou na semana passada o presidente da CPI reveja:

 

Veja Também

Homem morre ao capotar veículo na SP-278 em Ourinhos
Michelle Bolsonaro diz que testou negativo para covid-19
Menor é flagrado vendendo maconha na Praça dos Skatistas de Ourinhos
GIAARO começa obra de construção da nova “Casa Arco Íris” de Ourinhos
© 2019 - Todos os direitos reservados. Desenvolvido por StrikeOn